TRANSAÇÕES COM O EXTERIOR | Obrigações Declarativas

TRANSAÇÕES COM O EXTERIOR | Obrigações Declarativas

emotionheader8155650_4

Se a sua empresa efetua operações económicas ou financeiras com o exterior ou realiza operações cambiais num total anual superior a 100 000 euros, fica obrigada a comunicar ao Banco de Portugal as respetivas transações e posições com o exterior. 

Mas o que são Operações e Posições?

As operações com o exterior englobam todas as operações económicas e financeiras com entidades estrangeiras. As posições referem-se a saldos em final de mês relativos a depósitos, empréstimos ou créditos comerciais face ao exterior.

A Comunicação das Operações e Posições com o Exterior (COPE) consiste no envio mensal da informação acima descrita ao Banco de Portugal. Segundo esta instituição, a informação destina-se à compilação das estatísticas externas portuguesas: Balança de Pagamentos, Posição de Investimento Internacional de Portugal e Dívida Externa. 

A COPE deve ser submetida mensalmente, até ao 15 dia útil após o final do mês a que os dados se referem e é, normalmente, uma tarefa desempenhada pelo Contabilista da Empresa. 

Casos particulares – Caso este ano a sua empresa ultrapasse o limiar de isenção, deve iniciar o reporte até abril do próximo ano, com informação desde janeiro.

No sentido inverso, se a sua empresa se situar abaixo do limiar referido, poderá beneficiar da isenção de reporte a partir de fevereiro do ano seguinte, com respeito à informação de janeiro.

Se está a iniciar atividade ou está abrangida pela referida isenção mas, num determinado mês, apresentar um total de operações com o exterior superior a 100 000 euros, deverá iniciar a comunicação num prazo de 4 meses, com informação referente aos meses entretanto decorridos. 

Informação útil – Para além do dever de informação associado à COPE, os dados fornecidos podem ser também ferramentas úteis para a sua empresa:

– Permitem uma análise multi-perspetiva de quotas de mercado (por exemplo, por setor, por mercado e por tipo de operação);

– Constituem um apoio à gestão relativamente a decisões de investimento e de entrada em novos mercados.

Este é um dos muitos serviços que lhe podemos oferecer, já que, mais do que contabilistas, trabalhamos em parceria com as empresas visando o seu crescimento sustentado.

Para mais esclarecimentos, consulte-nos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.